Recursos da Escola
Espaço Escola
Serviços Públicos de Apoio Escolar Notícias da Educação Notícias da Escola Fale Conosco

Quantidade de Páginas visitadas

ÁNGULOS CAPOEIRA

De acordo com Souza (2011) uma das contribuições afro-brasileiras mais visibilizadas no Brasil e também no Paraná é a capoeira. A capoeira pode ter várias definições: jogo, luta, dança, filosofia de vida, brincadeira. Ela é uma criação afro-brasileira, desenvolvida em solo brasileiro por africanos trazidos na condição de escravizados. Inicialmente, foi criada como luta.
De acordo com o autor acima, através da capoeira, era ensinado muito mais do que golpes e esquivas; a ideia de respeito e valorização da ancestralidade, da cultura, de uma filosofia de vida, ia dando condições de aquelas pessoas perceberem sua existência em busca da liberdade. Por esse motivo, representa a cultura de um povo oprimido.
Na capoeira, as regras não são transmitidas através da escrita; tradicionalmente o mestre domina esses conhecimentos e os vai passando para seus aprendizes. Atualmente, a capoeira é praticada como esporte ou atividade cultural, em academias, centros culturais e esportivos e também em escolas e universidades, como uma maneira de manter o corpo em forma de uma atividade física saudável. Mas, tanto nas cantigas quanto nos ensinamentos dos mestres, é possível perceber que as origens dessa prática estão ligadas à história e à presença dos descendentes de africanos no Brasil e essa é uma das contribuições afro-brasileiras mais visíveis também no Paraná (SOUZA, 2011).

ATIVIDADES PROPOSTAS



Através dos movimentos dos jogadores de capoeira o professor pode explorar algumas questões sobre medidas de ângulos. Por exemplo, no movimento em que o jogador faz o mortal, ele fez um movimento de 360º. Quando o jogador faz a ponte, ele movimentou 180º. Ao movimentar a perna em direção ao outro jogador, podem adotar muitos tipos de ângulos na perna em relação ao corpo, como ângulo de 90º, ângulo agudo (menor que 90º) e ângulo obtuso (maior que 90º). A partir dessa parte introdutória pode trabalhar todas os conteúdos que diz respeito à ângulos. Através de exemplos lúdicos, o aluno entende melhor e se interessa muito mais pelo conteúdo.

REFERÊNCIAS

Souza, Marcilene Garcia de. A África está em nós: história e cultura afro-brasileira: africanidades paranaenses. João Pessoa, PB; Editora Grafset LTDA, 2011.












Validador

CSS válido!

Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito